Total de visualizações de página

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

A mando...


Amando... 
A mando do coração,
da alma em tenra emoção,
repleta de tudo e de nada:
de tudo que é maravilhoso
e de nada que nos impeça 
de viver tão esplendoroso 
sentir... amar sem desavença.

E, a mando, que é bom,
do bom que é, amando
devendo seguir... seguindo
o que não se faz ordenando,
já que é por si que faz a alma
seguir o que sente, feito dom,
certeza do que é, pela calma,
perfeitos acordes, belo som...

26/11/2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário