Total de visualizações de página

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Menos de um segundo... ♪

Menos de um segundo e eu já perco o ar
Quase um minuto, quero te encontrar...
É um sentimento que preciso controlar
Por que você se foi? não está aqui...  
(Rosa de Saron - Menos de um segundo)


 O dia iniciara de uma maneira diferente: o que haveria de fazer em meio à tantas questões, sendo que, a absoluta maioria, não haveria resposta?
Essa é a idéia com o maior senso de loucura que poderia acontecer num dia comum. O que pensar, de fato? Aonde ir...? O que fazer...?
Iniciara com singular calor a manhã que me consumira em alguns poucos pensamentos. Alguns diálogos, inefáveis em carinho, foram traçados. Sucedera a tarde e, consigo, um dia comum de aula, mas com poucas palavras afetivas, mas muita informação. O que se passara, de fato? Apenas um dia comum. Talvez não tão comum quanto deveras... mas diferentemente comum. Certamente alguns pensarão "incomum"... Não sei, ao certo.
Os pensamentos que me ocoreram na manhã silenciaram durante a tarde, e uma imensa necessidade de arte passou a me consumir ferozmente. Nos momentos vagos, ardia em melodias das mais diversas... minhas mãos dançavam suave e bruscamente com a guitarra... e as notas eram cantadas com absoluta precisão. Mas ainda não era o que buscara durante os pensamentos... e, ainda assim, aquilo me fizera perecer e buscar mares mais densos...
Calaram-se minhas mãos por algum momento... e eis que a resposta passou a tomar forma... o que buscara pela manhã, fora, finalmente, encontrado... E voltara a inspiração, que não via há algum tempo... :)
A voz que rasgava com emoção o recinto fazia-o com maestria. E as notas passaram a tomar forma... outra vez? Não, posto que, anteriormente, não era o que buscara.


Aonde quer que você vá, eu quero te encontrar por onde você for ♪ 


Pode ser que ainda não faça sentido algum o título, mas, em suma, o que é para ser, se observarmos que o momento exato não necessita de tempo para sua iminência, mas, simplesmente, ser o que tem que ser quando, em verdade, tiver que ser, é a resposta para o que se busca. Compreendi, talvez, e talvez não seja importante para muitos, que a iminência é constante (será que isso é tão simples quanto aparenta?)... e que o tempo é aquilo que é pertinente a nós, posto que tudo que acontece detém exatidão de acontecimento. Biblicamente falando, "não há uma folha sequer de árvore que caia sem que Deus saiba"...
Menos de um segundo para que acontecesse. E os processos...??? Até os processos têm hora marcada :)
Se faz algum sentido, disto, eu não sei... foi o que me veio à reflexão...
E quanto às perguntas que me afligiam pela manhã?! Eu não sei... mas absorvi que tudo tem o seu tempo. Posso não as compreender, não ter suas respostas agora... e, por isso, aceitei ser melhor a compreensão de que é preferível gastar o tempo não com tais questões, mas com o que está breve ao meu olhar. Tentar compreender o incompreensível é perecer sem viver... e isso, eu não quero. Não mais... não agora... fizera muito... há algum tempo... por algum tempo... Agora?... Não mais... por hora :)


Paz e bem a todos... ^^

6 comentários:

  1. Me ensina a escrever assim também?


    Sabia decisão a sua!

    Só por hoje e assim a cada dia!

    ResponderExcluir
  2. e se o tempo ja foi traçado e tudo segue um ciclo ja vivido?Talvez as perguntas acabariam.

    Afilho-ado

    ResponderExcluir
  3. seguindo um ciclo já vivido, por nós, seria uma outra doutrina... Mas as perguntas... ah, as perguntas... se cessassem definitivamente para toda e qualquer circunstância, o equilíbrio poderia ser destruído. É fato que há a necessidade de determinadas perguntas não serem respondidas, posto que o anseio pela compreensão é o que nos move, gostamos do mistério :) A verdade está, por exemplo, na culinária ^^ grandes chefes e seus segredos fascinam aos degustadores (em primazia, o impacto dos sabores...em seguida, talvez, que ingredientes...) :) rs...
    Deus te abençoe, afilho-ado!! ^^ xD
    Paz e bem ^^

    ResponderExcluir
  4. Era tudo o que eu precisava ler, tanto perguntei à Deus o motivo de acontecer certas coisas comigo ou de não acontecer e vivia angustiada com aquela tristezinha que as vezes batia e doííía bem lá no fundo. Só depois de compreender que não cabe a mim entender o percurso das coisas da vida é que as coisas começam a andar, pois até então agente não está sensivel pra perceber tantas maravilhas que acontecem ao nosso redor, tanto amor de Deus por nós que pode ser notado nas coisas mais simples ou melhor coisas que acabam se tornando fundamentais a cada dia, como olhar pro céu, ver o pôr do sol, sentir a brisa, o vento te acariciando quando não se tem ninguém para abraçar mas que na verdade é Deus que está lá te falando: Filho, estou aqui, nunca te deixo só!. Bem... voltando ao ínicio rsrs, poxa, tentar responder perguntas irrespondives não nos levam onde Deus quer, é claro que a busca por algumas respostas sempre é importante mas tem algumas que caracaaaa rsrs só Deus mesmo, é Ele quem tem que estar no controle, é Ele que tem um propósito pra vida de cada um e o que não faz sentido agora lá na frente vai ter tuuudo a ver ^^ e a gente vai percebendo que foi muito melhor não entender nada naquele momento de dúvidas. O melhor é viver com fé acreditando que tudo vai dar certo e se permitir ser tocado por Deus cada dia mais e mais, Pois como diz a linda canção do Rosa de Saron - Além do meu Jardim " Eu preciso de mais, eu preciso mais, preciso de você aqui.." .
    Deus abençoe a todos! Ass:Pâm

    ResponderExcluir
  5. Own... lindo demais, parabéns Lelo! Deus está te usando muito pra falar com as pessoas, fiquei mto feliz! Deus te abençoe sempre! ** .. Pâm.

    ResponderExcluir