Total de visualizações de página

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Diamante Lapidado... (...)

Observe as nuvens que passam no céu... mesmo que o céu esteja nebuloso, nem sempre ele foi ou permanecerá assim...

A vida é algo que vai além do que conseguimos ver...
Quando realmente pensamos estar suficientemente fortes para enfrentar os obstáculos é que descobrimos que, em verdade, os obstáculos vão se tornando ainda maiores. Na bíblia é dito que "o tanto que for dado é o mesmo que será cobrado"... e isso já é uma boa dica para aprendermos a viver.
E viver nada mais é do que sermos postos à prova.
É preciso por em prática tudo o que aprendemos... principalmente para ver se realmente aprendemos. Não é fácil, às vezes, mas é necessário. Em suma, seria como se nós andássemos "pisando em ovos" ininterruptamente. É formidável, não? - eu, sinceramente, não acho. :)
A dor é inevitável, mas o sofrimento é opcional. A parte que tanto nos incomoda, que tanto nos faz tangenciar aquele bendito caminho que estávamos a seguir é denominada "sofrimento". Não sabemos exatamente como o vencer. Não nascemos com um manual de instruções ou com um google search embutido em nossas mentes para buscar as devidas soluções ou prevenções.
A prevenção vem à medida em que vamos adquirindo experiências... e que, muitas vezes, são catastróficas... e o mais interessante é que por inúmeras e incontáveis vezes paramos para observar "como isso aconteceu?" por horas a fio (não aconteceu com você? sério?! humm... comigo sim :) , pois sou de saturno =P ¬¬'). Apegamo-nos facilmente às coisas, às relações, à pessoas propriamente ditas. Afinal, o ser humano é carente por natureza... De onde vem nossa carência? Ah, existe um estudo que aponta para a nossa gestação :), mas isso é tema para um outro post. Enfim, nascemos, portanto, já fragilizados... e isso faz com que busquemos sempre um "porto seguro", algo que nos dê firmeza, confiança, possibilidade de se "ajeitar" aquele nosso "defeitinho de fabricação". E é aí em que caímos mais uma vez com a cara no chão.
Falando matematicamente, sendo eu "humano" (vou chamar de "x"), criarei vínculos afetivos com seres humanos (amigos, familiares, namoro, noivado, casamento) [isso implica em outros "x"s], procede? Como poderia eu, então, recordando-nos a historinha de que somos TODOS seres humanos, falíveis, carentes, inconstantes, em busca de crescimento, querer uma válvula de escape chamada "ser humano" (trocando em miúdos: x = x, logo, se x = carência, x também será igual a carência; no caso de falível, será igual a falível, etc.)??
Isso não é nada complexo. O que, de fato, se torna complexo é o fato de não conseguirmos aceitar tal possibilidade (em outro momento mencionei "O Pedestal"), e esse aspecto pode nos levar a bom entendimento acerca de relacionamentos e aplicar as máximas bíblicas aqui.
Deus permitiu que tivéssemos acesso a um dos grandes ensinamentos: "orai uns pelos outros e confessai vossos pecados", bem como "um é responsável pelo outro"... Se vejo quem sofre, enquanto cristão, ao perceber o sofrimento, devo buscar meu próximo e ajudá-lo a compreender a dor e não o sofrimento. Por isso a dor é inevitável, mas o sofrimento é! Sofrer é um estado de estagnação... Parece fácil estar dizendo isso agora, mas também estou passando por um momento não muito bom... pois fiz uma escolha: "sair do buraco que cavei", ou seja, não quero mais o sofrimento, mas aceito a dor, pois é na dor que encontramos a verdadeira fonte de aprendizado :)
Não há quem diga que a dor que alguém passou não traga aprendizado! Todos, ao passarmos por dificuldades, aprendemos algo porque aquilo nos marcará pela vida inteira, e isso se tornará fonte de aprendizado para alguém mais à frente (em forma de testemunho, exemplo de vida, etc! e são exemplos que marcarão que os ouvir!!). Momentos de alegria também são bem-vindos, claro :) Mas pense comigo... diga-me silenciosamente qual foi um grande APRENDIZADO que você obteve numa grande alegria?...
...
...
...
...
...
Difícil, não?! Eu também pensei o mesmo quando comecei essa reflexão...
Então a dor é algo bom? Sim :) E devemos usufruir de tudo que ela tem a nos oferecer... Pode ser muito difícil agora, porque estamos sentindo a pancada, o impacto, a agressão dolorida... mas sofrer pela dor? Podemos optar em sentir o impacto da dor e, em seguida, após o derramamento de lágrimas (que virá, com certeza porque somos humanos!! e que bom poder dizer isso ^^ ), as enxugaremos e seguiremos em frente...
Observaremos algo do tipo "como veio essa porrada?" e aí vamos parar e pensar "nossa, da próxima vez vou olhar pra frente para não tropeçar no mesmo buraco..." :)
Ah... e não podemos esquecer... sempre, mas sempre mesmo!!!! a dor virá, os problemas serão ainda maiores... mas serão porque após a dor estaremos muito mais fortes... e não podemos anular a idéia de que o mal conspira contra nós, para que nos percamos em nossas fraquezas e fiquemos caídos no chão, vivendo o sofrimento.

Que Deus abençoe a todos vocês!! :)

Paz e bem...

"Ora et Labora" (São Bento Abade)

4 comentários:

  1. Esse texto é uma das coisas mais certas que eu ja li!

    ResponderExcluir
  2. Olá, Lelo. Sim, é muito difícil. Porém nunca pensei que fosse fácil agradar a Deus. É preciso moldar-se diariamente, continuamente. Paz e bem... Linda postagem! Parabéns!

    “Para o legítimo sonhador não há sonho frustrado, mas sim sonho em curso” (Jefhcardoso)

    http://jefhcardoso.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Leo Aodrei A Mensagem MT Bonita ... Me Da Forças Pra Continuar A Luatr Pelos Meus Sonho e mEFaz Ter Mas Fé an vida bjs fica c deus @mariaeduardasb Duda

    ResponderExcluir